3 ensinamentos online para gerenciar pessoas 4 semanas atrás

Conheça aqui valiosas estratégias para impulsionar o gerenciamento digital no seu negócio.

A Revolução Digital trouxe as pessoas para perto da internet e das tecnologias, e com o passar dos anos ela foi se tornando cada dia mais presente e essencial em nossas vidas.

Dessa forma, tudo indica que o trabalho online veio para ficar, principalmente ao observar todas as mudanças que o home office está proporcionando às pessoas e empresas.

A partir disso, nasceu a necessidade de readaptação dos processos, para que o exercício do profissional trabalhando de sua casa seja possível e não haja perdas para as empresas.

Um dos pontos considerados por muitas instituições para gerenciamento do seu time é o uso de pontos móveis, que possibilitem aos funcionários poder marcar sua entrada, saída e intervalos à distância, por meio de seus aparelhos eletrônicos.

A medida é em si muito útil, visto que permite o trabalho remoto, assim como a aferição da jornada remota pelos gestores, de uma forma já assegurada pela lei nacional.

Porém, além dos processos físicos, questões como a cultura organizacional, o gerenciamento e a liderança também devem ser adaptadas, às quais o livro “Um Novo Jeito de Trabalhar”, de Laszlo Bock, aborda com maestria.

Pronto para se conectar com as melhores técnicas de gerenciamento? Então continue com a gente!

A Cultura Organizacional 

A cultura organizacional é o que dá sustento ao seu negócio, e por isso é tão importante se atentar à maneira que você está escolhendo para gerenciá-la, mesmo que seja de forma remota.

Assim, existem vários caminhos para você se tornar um bom empregador, conduzindo valores, crenças e ações que demonstrem as diretrizes de como conduzir os negócios.

Uma das maneiras de atingir esse objetivo é por meio do empoderamento, mostrando confiança aos seus funcionários, para que eles escolham a melhor forma de lidar com as atividades, mantendo também, a acessibilidade para contatar os cargos de gerência. 

Segundo a análise, as organizações que mais evoluem são aquelas que reconhecem que todos querem crescer juntos de modo colaborativo, permitindo que os funcionários não só recebam ensinamentos, como também ajudem a moldá-los.

Ainda, é apontado que a cultura de um grupo é estruturada três bases:

  1. Ambiente de trabalho seguro;
  2. Crenças e valores pré-estabelecidos;
  3. Premissas desses valores.

Algumas outras práticas podem auxiliar na construção desse ambiente colaborativo e seguro na internet, como a prática deliberada de feedbacks, a possibilidade de todos mostrarem conhecimento e o investimento em cursos que desenvolvam um melhor comportamento nas pessoas.

O Gerenciamento da Equipe

O mundo e sua cadeia de negócios já não são mais os mesmos e, por isso, não é possível realizar grandes projetos com uma equipe tradicional.

É necessário que seus funcionários estejam alinhados com as mudanças da contemporaneidade, sendo essencial escolher pessoas não convencionais.

Diante disso, é apresentado por Laszlo Bock um método de contratação chamado de “Três Terços”, que se baseia em:

  1. Um terço dos funcionários com experiência na área do RH tradicional;
  2. Um terço é composto por pessoas vindas de empresas de consultoria especializada;
  3. Um terço final é formado por profissionais com alta capacidade de análise.

Essa formação possibilita contar com um leque variado de capacidades para sua empresa. Nesse sentido, os profissionais de RH mostram como reconhecer padrões, os consultores auxiliam na compreensão do negócio e os analistas aprimoram a qualidade dos serviços prestados.

Além disso, aplicar a gestão do desempenho do teletrabalho, se livrando de amarras burocráticas e regradas, e focando no propósito ao invés do processo, podem auxiliar os funcionários, criando oportunidades grandiosas de aprimoramento gerencial.

A Liderança 

Normalmente, o conceito de liderança é trazido com o peso de hierarquia e formalidade, porém, ele não precisa ser visto dessa forma.

No contexto digital, liderança deve ser entendida como a capacidade de dar liberdade aos seus funcionários em prol de um bem maior para a empresa, como um todo.

Dessa forma, o líder é responsável por nutrir uma cultura que tenha o aprendizado como meta para a equipe, dando a todos a chance de prosperar.

Faz-se necessário também entender que um líder não deve ser o melhor em desempenhar todas as funções da companhia, como ser excelente no marketing e em produtos, mas sim, saber liderar como um gerente inspirador.

Ser um profissional que inspira confiança faz com que seus funcionários ajam como embaixadores da marca, o que gera mudanças positivas em sua vida profissional, familiar e no seu convívio em sociedade, de modo que o retorno do investimento se torne automático.

Portanto, a melhor função de um líder é vista como a garantia de oportunidades para todos, fazendo com que as pessoas sintam que exercem um impacto positivo, buscando sempre se manifestar com clareza e prestar orientações sem se autopromover.

Não deixe de apostar nas novas tecnologias!

Sabe-se que estar trabalhando em home office é diferente de estar no ambiente presencial corporativo, por inúmeras razões.

Entretanto, quando feito o bom uso das novas tecnologias e da internet é possível que a qualidade do trabalho seja muitas vezes superior àquela vista nos escritórios.

Se a palavra da vez é mudança, se jogue de cabeça e encontre o que existe de mais novo no mercado para que a sua jornada seja repleta de sucesso!

 

Este post foi produzido pela equipe do PocketBook4You, uma plataforma que oferece centenas de resumos de livros dos maiores autores e best-sellers da atualidade, e tem como principal missão levar conhecimento diversificado que se encaixa no dia a dia de cada um dos seus usuários, ao redor do Brasil e do mundo!

 

Nenhum comentário em 3 ensinamentos online para gerenciar pessoas

Deixe uma resposta