Seguro de Acidentes Pessoais: Como funciona? 4 semanas atrás

Muitas empresas oferecem uma série de benefícios aos seus colaboradores como uma forma de valorizar os profissionais que atuam no negócio e também para tornar a companhia mais competitiva diante do mercado de trabalho.

Um tipo de benefício que costuma ser oferecido pelas empresas e que pode ser um grande diferencial e atrativo para a organização é o seguro de acidentes pessoais. Inclusive, você pode contratar esse seguro com a mywork!

Mas o que é um seguro de acidentes pessoais? O que ele cobre e como ele funciona? O que acontece quando o seguro deve ser utilizado? Qual a diferença entre o seguro de acidentes pessoais e o seguro de vida?

Se você já teve alguma dessas dúvidas, este artigo é para você! Vamos te explicar todos os detalhes essenciais sobre esse benefício e te ajudar a entender como essa solução pode melhorar o dia a dia do seu negócio e de seus funcionários!

Vamos lá?

O que é o seguro de acidentes pessoais?

O seguro de acidentes pessoais é um tipo de proteção que tem como objetivo indenizar o segurado e seus beneficiários em caso exclusivo de acidentes.

É muito comum que este tipo de seguro seja confundido com um seguro de vida, mas é importante ressaltar que não se trata da mesma solução!

O seguro contra acidentes é aquele que cobre invalidez permanente (total ou parcial), morte e outros riscos causados unicamente por acidentes, sendo que o beneficiário pode passar por tais situações de forma súbita, violenta, involuntária e imediata, resultando em lesões ou falecimento.

De forma geral, o seguro de acidentes pessoais garante uma indenização ao beneficiário no caso de acidentes que resultem em morte ou invalidez de qualquer tipo.

Vale ressaltar, no entanto, que a apólice do seguro deve prever o sinistro, pois nem todos os tipos de acidentes estão sujeitos à indenização! Cada seguradora oferece uma cobertura diferente e cabe ao contratante (a empresa ou o indivíduo) se informar sobre seus direitos no momento da contratação.

Quais são as garantias deste tipo de seguro?

Como o próprio nome indica, os seguros de acidentes pessoais costumam cobrir apenas acidentes, embora seja possível adicionar outras proteções de acordo com a disponibilidade de cada seguradora.

No geral, algumas das garantias do seguro contra acidentes são:

  • Morte acidental;
  • Invalidez permanente, parcial ou total;
  • Despesas médico hospitalares (DMH), incluindo gastos com médicos e hospitais;
  • Despesas odontológicas;
  • Diárias por incapacidade temporária;
  • Assistência funeral, sendo esta individual ou familiar

Vale ressaltar que para que toda e qualquer das situações mencionadas anteriormente sejam cobertas pelo seguro, é preciso que tenham acontecido de forma acidental.

Em casos de invalidez permanente por acidentes, o seguro acidente garante uma indenização para perda, redução ou incapacidade funcional definitiva de um membro ou órgão do segurado.

Todo o valor da indenização é calculado de forma proporcional à lesão sofrida, e pode chegar até o limite do capital segurado.

No entanto, em casos de acidentes pessoais que não causam lesões ou danos permanentes ou temporários, não há cobertura do seguro. Em outras palavras, apenas os sinistros em que há prejuízos físicos permanentes são cobertos.

Qual é a diferença entre o seguro de acidentes pessoais e o seguro de vida?

A principal diferença entre o seguro de acidentes pessoais e o seguro de vida está na cobertura dos dois produtos.

Enquanto o seguro de vida garante o pagamento de uma indenização aos beneficiários em casos de morte natural ou acidental (ou até mesmo de outros fatores listados na apólice contratada), o seguro de acidentes pessoais paga indenização somente no caso de falecimento ou invalidez por acidentes pessoais.

Ou seja, o seguro contra acidentes pessoais não assegura o pagamento de indenização em caso de morte natural do segurado, apenas em casos de falecimento causado por acidentes.

Além disso, todo o cálculo feito para o seguro de acidentes pessoais não costuma mudar em relação à idade do contratante, enquanto o cálculo do seguro de vida pode variar dependendo da idade do segurado.

Apesar disso, ambos seguros têm uma vantagem em comum referente à indenização.

Os valores recebidos pelos familiares e/ou beneficiários é paga de forma direta e completamente isenta de impostos. Sendo assim, o pagamento não entra no inventário e não responde por dívidas do segurado.

Quais são os benefícios para a contratação deste seguro?

A contratação de um seguro contra acidentes pessoais pode ter benefícios distintos para cada indivíduo e empresa e, por esse motivo, o responsável pela contratação deve avaliar as vantagens de cada seguradora cuidadosamente.

De forma geral, no entanto, as empresas que buscam soluções de seguros para seus colaboradores podem agregar uma série de benefícios para o negócio e para seus colaboradores.

Primeiramente, a oferta de seguros é uma forma de valorização dos funcionários, especialmente quando a solução escolhida visa à segurança e integridade física de todos. Isso não apenas mostra o comprometimento da empresa com um ambiente de trabalho motivador, mas também a preocupação com a saúde dos funcionários.

Quem deve contratar um seguro contra acidentes pessoais?

A proteção oferecida por este seguro é muito indicada para aquelas pessoas que podem enfrentar alguma situação de risco.

Os trabalhadores que exercem atividades consideradas perigosas, como é o caso de construção civil, ou indivíduos que praticam esportes radicais podem se beneficiar da proteção proporcionada pelo seguro de acidentes pessoais, afinal, mesmo com todos os cuidados, imprevistos ainda podem acontecer.

Essa solução também é interessante para os profissionais que trabalham de forma autônoma, pois é uma forma de prevenção financeira no caso de situações que impeçam a continuidade das atividades profissionais e, consequentemente, da manutenção de sua renda. Essa é uma forma de amparar tanto o trabalhador quanto seus familiares e outros beneficiários.

Como é feita a escolha dos beneficiários?

O segurado pode escolher seus beneficiários livremente e estes podem ser pessoas físicas ou jurídicas que receberão a indenização em casos de sinistro.

A indicação dos beneficiários é feita na proposta de contratação em casos de seguros individuais ou na proposta de adesão, em casos de seguros coletivos.

Quanto custa um seguro de acidentes pessoais?

A cobertura dos seguros contra acidentes pessoais pode variar muito e, como já mencionamos, tudo depende da seguradora. 

Além disso, vale lembrar que o seguro contra acidentes pessoais não cobre mortes por causas naturais e isso pode tornar o valor do produto bastante inferior ao do seguro de vida tradicional.

Algumas seguradoras também oferecem a flexibilidade de contratação durante prazos determinados e inferiores à 1 ano.  Assim, é possível adequar a cobertura do seguro de acordo com a necessidade do contratante.

Há diferença entre as apólices contratadas?

Para a contratação de seguros de acidentes pessoais é possível optar entre duas modalidades:

  • Apólice coletiva ou em grupo: o seguro é contratado pela empresa, clube, sindicato, associação, ou outras instituições que representarão todos os segurados diante das seguradoras. Os interessados em participar do seguro coletivo podem aderir ao plano pela “proposta de adesão”.
  • Apólice individual: nesse caso, o seguro é contratado pelo indivíduo interessado e pode ser adequado às necessidades específicas e pessoais do segurado. Em casos de acidente que resulte em invalidez, haverá o pagamento da indenização equivalente ao capital contratado e constante da apólice de seguro.

Quer conhecer outras soluções para sua empresa?

Teste o controle de ponto online da mywork gratuitamente durante 15 dias! Clique aqui e fale conosco!

Nenhum comentário em Seguro de Acidentes Pessoais: Como funciona?

Deixe uma resposta